Respiração – 5 minutos que podem mudar a tua vida

Nas aulas da Casa do Yoga –  Braga, quer sejam de nível iniciante ou intermédio, os exercícios respiratórios estão sempre presentes!

Anúncios

Conheces as tuas A.R.M.A.S?

Para ter sucesso, para gerir os desafios do dia-a-dia, para conquistar qualidade de vida, precisas de cuidar de ti! Já pensaste nas A.R.M.A.S que te deixam mais forte, saudável e enérgico? Sabias que várias delas podem ser trabalhadas dentro de uma prática de Yôga?

Boa ALIMENTAÇÃO para te sentires sempre com saúde e energia!
*
A RESPIRAÇÃO está intimamente ligada aos nossos estados emocionais. Algo tão simples como respirar correctamente pode fazer a diferença na tua produtividade diária.
*
No dia-a-dia, são centenas, as solicitações e as distracções, que te desviam das tuas acções e objectivos. Dificilmente podemos modificar esses aspectos que são externos, mas podemos aprender a conviver e contornar essas situações, o que resultará num melhor desempenho e resultados. Para isso existe a MEDITAÇÃO.
*
A ACTIVIDADE FÍSICA é importante na redução do stress, fortalece músculos, ossos e ligamentos, é uma aliada na manutenção do peso e ajuda a manter a boa disposição.
*
O SONO de qualidade é muito importante, é umas das necessidades mais básicas do ser humano. Além de recarregar nossas baterias, enquanto dormimos estamos a cuidar da nossa saúde física e mental, para estarmos preparados para o novo dia.

o

Respira!

“Como as folhas que arejam a árvore e fornecem nutrientes para que seu crescimento seja saudável, também a respiração alimenta e areja as células, os nervos, os órgãos, a inteligência e a consciência do sistema humano. Quando estamos num ásana, só podemos entender plenamente o corpo se sincronizarmos a respiração com o movimento. Prána é energia. Ayama é criação, distribuição e manutenção. Pránáyáma é a ciência da respiração, que leva à criação, distribuição e manutenção da energia vital.” B.K.S. Iyengar

Vem aprender a respirar connosco!www.facebook.com-casadoyogabraga (1)

Pránáyáma, a disciplina da respiração

“O pránáyáma, a disciplina da respiração, é a “recusa” de respirar como o comum dos homens, isto é, de uma forma arrítmica. Eis como Patañjali define esta recusa: “O pránáyáma é a interrupção (viccheda) dos movimentos inspiratórios e expiratórios e consegue-se depois de realizado o ásana.” (Y.S., II, 49). Patañjali fala de “retenção”,  de suspensão da respiração. Todavia, o pránáyáma começa por ritmar a respiração o mais lentamente possível: é esse o seu objectivo inicial.
A respiração do homem profano é em geral arrítmica; varia quer segundo as circunstâncias, quer segundo a tensão psicomental. Tal irregularidade produz uma perigosa fluidez psíquica e, consequentemente, a instabilidade e a dispersão da atenção. Podemos tornar-nos atentos, se nos esforçarmos para isso. Mas o esforço, para o Yôga, é uma “exteriorização”. Trata-se pois de suprimir o esforço respiratório através do pránáyáma: ritmar a respiração deve tornar-se uma coisa automática, para que o yôgin possa esquecê-la.
Ao comentar o Yôga-Sútra, I, 34, Bhoja observa que “existe sempre uma ligação entre a respiração e os estados mentais”. Essa observação é importante. Ela é mais do que a constatação do facto de que, por exemplo, a respiração de um homem furioso é agitada, enquanto a respiração de um homem que se concentra é ritmada e se torna lenta por si própria. A relação entre o ritmo da respiração e os estados de consciência aos quais se refere Bhoja, e que fora sem sem dúvida observada e comprovada experimentalmente pelos yôgins desde os tempos mais remotos, serviu como instrumento de “unificação” da consciência. “

Mircea Eliade in Patãnjali e o Yôga

tati_fabio

Em Novembro…

 

não podemos ter todos os dias bons

Em Novembro o nosso lema é:

“Não podemos ter todos os dias bons, mas podemos ter algo bom todos os dias.”

Os dias são mais pequenos, às vezes chove, está frio e já sentimos saudades do verão. Mas todos os dias têm algo de bom, por isso, nada de preguiça, não se fechem em casa e procurem participar nas nossas actividades pois vamos ter momentos muito especiais durante este mês.

Sábado, dia 1, a habitual prática avançada de duas horas.

No dia 8, o Sat chakra, excelente momento de convívio e partilha

Nas aulas teóricas de 8, 15, 22 e 29 vamos falar de mitologia hindu.

E ainda podem contar com treinos de força & flexibilidade, Prática Básica, treino de mantra, de meditação e de respiração.

Já sabem, actualizações diárias na página Facebook e receitas deliciosas aqui Espaço Gourmet.

A tua prática, o teu momento!

Olá querido leitor,

Já alguma vez pensou em adoptar uma actividade que englobe um estilo de vida saudável, com mais energia, vitalidade e qualidade de vida?

Convido-o a fazer uma aula experimental gratuita de Yôga no nosso espaço!
Na Casa do Yôga fará aulas em pequenos grupos ou mesmo individuais com um acompanhamento personalizado do instrutor,  pois esse é um dos nossos maiores diferenciais.

Como temos turmas especificas para principiantes, fará aula com outros alunos que também estão a iniciar a prática de Yôga e terá uma aula perfeitamente adequada às suas necessidades e expectativas. Nesta aula vai poder travar contacto com técnicas respiratórias, técnicas corporais, técnicas de limpeza orgânica e de descontracção.

Logo da primeira aula vai aprender a respirar melhor. Algo tão simples, mas que a maioria das pessoas faz de forma errada. Uma respiração correcta poderá eliminar estados de tensão e ansiedade e stress e terá um impacto muito positivo nas suas emoções. Depois vai aprender técnicas de limpeza orgânica,  que são exercícios muito simples mas que o vão ajudar a eliminar os detritos tóxicos causados por má alimentação ou os produzidos por emoções pesadas. Logo a seguir, vai dedicar-se às técnicas corporais que vão promover um aumento de força, flexibilidade articular, alongamento e tonificação muscular. Além disso as técnicas corporais vão ajudá-lo a conquistar concentração e foco no seu dia-a-dia. Para terminar fará uma agradável descontracção que lhe proporcionará um bom relaxamento muscular e nervoso.

Ao fim de algumas semanas de prática vai começar a sentir algumas mudanças no seu corpo e mas suas emoções. Se mantiver dedicação e prática regular irá passar para as turmas avançadas. Aí irá encontrar uma aula com mais conteúdo filosófico e com técnicas que lhe permitirão conquistar estados expandidos de consciência. Vai aprender a meditar, a direccionar o pensamento e a utilizar técnicas de mentalização.

Vamos marcar a aula experimental!?

Para dar o primeiro passo siga este link: Vem experimentar

a tua prática

Mindful breathing

You don´t have to do anything very special,
you just become aware
of the fact that you are breathing in…
…breathing in,
I know I am breathing in…
…and breathing out,
I know I am breathing out…
…and I enjoy my in breath,
I enjoy my out breath…
and suddenly I find that I am truly alive, truly present,
and this everyone can do and it make a big difference.
Our true home is life,
and life is in the presente moment,
is the here and the now,
that is the address of true life.
So mindful breathing can bring us back to our true home,
to life, and we should be able to do it in our daily life.

Thich Nhat Hanh
Mestre Zen, Activista pela paz