Dia 20 de Dezembro – Como estão os seus abdominais?

Calendário do Advento
Desafio

A boa forma abdominal é muito importante para a prática do Yoga, mas também para o nosso bem-estar geral.

O fortalecimento da musculatura abdominal é fundamental para a manutenção de uma posição correcta ao longo do dia, ajuda a prevenir o aparecimento de lesões causadas por má posição ou pelo impacto de determinadas práticas desportivas, melhora o funcionamento do sistema digestivo, e claro, a parte estética também sai beneficiada.

Os nossos abdominais suportam a zona lombar, a coluna e os órgãos internos. Quem sofre de dores na zona lombar, provavelmente precisa de fortalecer os abdominais para ajudar a suportar essa área da coluna.

Na prática de Yoga, a boa forma abdominal é fundamental para conquistar muitas das técnicas musculares e invertidas e até para sentar nas posições de meditação e respiração.

Em termos emocionais a nossa força interior está no abdómen. É o nosso centro de equilíbrio e harmonia. Segundo os orientais, a prisão de ventre é materialização do medo de perder as coisas, como dinheiro, família, amigos,etc.. Quem não se liberta de pensamentos antigos também gera prisão de ventre. A falta de força no abdómen pode gerar medo, insegurança, frustração, dúvidas. Até porque é aqui que está situado o manipura chakra, o centro do poder pessoal.

A prática de Yoga foca-se em equilibrar o corpo, partindo do centro para as extremidades. Hoje deixamos três exercícios, para ir introduzindo na sua rotina de prática, que são óptimos para os abdominais.

  1. A prancha com os braços flexionados, que foi o primeiro desafio deste Calendário do Advento. Podem ver aqui: Desafio da prancha. É óptimo para fortalecer os abdominais.
  2. O tamas uddiyana bandha, que foi o desafio publicado no dia 15 de Dezembro, e podem ver aqui: Tamas uddiyana bandha . É muito bom para melhorar o funcionamento dos sistemas digestivo e excretor.
  3. O vajrôlyasana ou navasana, perfeito para fortalecer a lombar. Que descrevemos a seguir.

Dicas de execução:

  • partindo da posição sentada, eleve as pernas e estenda os braços;
  • coloque o peso na parte na parte da frente das ancas, longe do cóccix;
  • mantenha a coluna direita e garanta que a zona lombar não se curva;
  • deve ativar em simultâneo os músculos do assoalho pélvico;
  • deve ativar  os músculos da parede abdominal (debaixo para cima desde o púbis);
  • procure não acumular tensão muscular na  cervical;

 

Resultado de imagem para vajrolyasana

Anúncios