Dia 3 de Dezembro – Shiva

Calendário do Advento
Cultura do Yoga

A tradição, as lendas e mesmo as escrituras antigas declaram que o Yoga foi criado por Shiva. 

Na mitologia hindu, Shiva simboliza a destruição, a renovação, a transformação. É através dele que o mundo (e todos nós) evoluí, deixando o passado para trás para dar lugar ao novo. Só poderia partir dele, portanto, a criação do Yoga, afinal, esta prática conduz à transformação física, mental e emocional,  rumo à evolução espiritual.

Shiva possui vários nomes, os principais são: Pashupati, Nataraja, Shambo, Shankara, Ardharísshvara, Mahadeva, Bhikshatana, Veenadhara, Yogeshvara, entre outros. Na forma de Shiva Nataraja, ele aparece como o Rei (raja) dos Dançarinos (nata).

 

Estatueta de Shiva Natarája

Com seus cabelos entrelaçados e esvoaçantes, que simbolizam o movimento, dança dentro de um círculo de fogo, símbolo da renovação. Através de sua dança, ele cria, conserva e destrói o universo.

Aro em chamas: simboliza a dança da natureza.

Quatro braços: simbolizam o movimento.

Damaruna mão direita Shiva carrega um damaru, pequeno tambor em forma de ampulheta, que simboliza o princípio do som.

Agni: a mão esquerda Shiva segura o fogo (agni) que transforma e destrói.

Abhaya mudra: A mão direita à frente forma o abhaya mudra, gesto de afastamento do medo, da protecção e das bênçãos.

Gajahasta mudra: A mão que aponta para o pé esquerdo erguido está em gajahasta mudra, que imita a tromba do elefante. A tromba tem a simbologia do discernimento: o elefante sabe discernir a força que deve usar quando arranca uma árvore ou quando apanha uma palha do chão. No caminho do autoconhecimento é preciso discernir o que é real do que é irreal.

Muyalaka: o pé direito de Shiva esmaga um anão maléfico: o demónio Muyalaka (ou Apasmara). Aqui está representada a vitória de Shiva sobre a ignorância. Todo o conjunto repousa num pedestal com a forma de lótus.

Cabelos de Shiva:  estão emaranhados e esvoaçantes, simbolizam o movimento, pois tudo no universo está em constante movimento. Nos cabelos de Shiva está a deusa Ganga, que simboliza o Rio Ganges. Enquanto o deus dança, ela desce à Terra através dos seus cabelos esvoaçantes. No lado esquerdo do cabelo de Shiva está a lua crescente, que simboliza que Shiva está além das emoções, ele não é manipulado pelos humores como os humanos. O cabelo enrolado no topo da cabeça de Shiva, significa que ele é o senhor do vento, Vayu, e tem o controle da respiração.

Cobra: a cobra enrolada na cintura de Shiva simboliza a imortalidade e a energia do fogo.  No Yoga, a cobra também representa a energia do fogo, chamada kundalini.

Apesar do seu corpo estar em movimento, o rosto de Shiva está sereno, pois embora vivamos na agitação do mundo devemos manter-nos ligados à nossa verdadeira natureza interior.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.