Aparigraha – não possessividade

Agarrar-se às coisas e ser livre são dois estados mutuamente exclusivos. A mente comum está constantemente a manipular a realidade para obter segurança, a construção de imagens concretas de como as coisas são e como os outros são, são uma forma de gerar confiança e segurança. Construímos auto-imagens e construímos conceitos e paradigmas que alimentam o nosso senso de certeza, e, em seguida, defendemos esse edifício, submetendo-nos a situações que reforçam as nossas certezas. Isto seria bom se a vida fosse de fato um evento homogéneo em que nada muda; mas a vida muda, e isso exige que nos adaptemos e mudemos com ela. A resistência à mudança, e a persistência em nos agarrarmos a coisas e pessoas, causa grande sofrimento e impede-nos de crescer e viver a vida de uma forma mais agradável. A filosofia do Yoga e todos os grandes ensinamentos budistas dizem-nos que a solidez é uma criação da mente e que nunca houve nada permanente nas nossas vidas. A vida seria muito mais fácil e substancialmente menos dolorosa se vivêssemos com o conhecimento da impermanência como a única constante. Como todos temos descoberto em algum momento das nossas vidas, sempre que tentamos segurar algo com muita força, seja possessividade sobre o nosso parceiro ou a nossa identidade jovem, isso só nos levou à destruição dessas mesmas coisas.

A prática de aparigraha também exige que olhemos para a forma como usamos as coisas para reforçar nosso senso de identidade. O ego adora acreditar no seu próprio poder, mas, infelizmente, requer um séquito de soldados que são objectos externos, tais como roupas, carro, casa, trabalho, para manter essa ilusão. E porque este ego é apenas uma ilusão criada pelo nosso sentido de separação, requer estratégias cada vez maiores e mais elaboradas para se manter vivo. Embora a prática de não se  apegar se  foque inicialmente nos bens materiais, logo depois surge uma necessidade de ir além disso e de perceber que  o que é verdadeiramente importante para nós, nós já possuímos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s