Desafio nº3 – Adira ao Movimento Segunda sem Carne

Desafios para fazer de 2014 um ano fantástico
Siga-nos em facebook.com/casadoyogabraga

Adira ao Movimento Segunda sem Carne e descubra novos sabores!

Segunda sem carne é um movimento que existe em diversos países (Estados Unidos, Austrália, Brasil, Reino Unido entre outros) e é apoiado por inúmeros líderes internacionais.
No Reino Unido a campanha é liderado pelo ex-Beatle Paul McCarteney. No site Meat Free Monday podem encontrar mais informações sobre o movimento, além de receitas e dicas sobre o tema.

semcarne

Na foto alguns dos apoiantes deste movimento.

O objectivo do movimento é conscientizar as pessoas para os impactos que o consumo de carne tem no meio ambiente, na saúde dos seres humanos e no bem-estar dos animais.

Boas Razões para participar

Para te sentires mais saudável
A alimentação vegetariana é hoje amplamente reconhecida pelos seus inúmeros benefícios. Uma alimentação centrada em frutas, legumes, cereais e seus derivados ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, hipertensão, colesterol elevado, diabetes e muitos tipos de cancro.

Para mais informações sobre a relação entre o cancro e o consumo de carne visite o Blog do Projecto Safira e veja os seguintes artigos:

Produtos animais aumentam a incidência de cancros

Será uma dieta vegetariana adequada?

Para cuidares do nosso planeta
Para produzir carne para quase toda a população humana é necessário criar biliões de animais que consomem água, comida e muitos recursos energéticos e acabam por gerar muito poluição. A pecuária intensiva é responsável por 18% da emissão de gases com efeito de estufa, como o metano, que contribui para o aquecimento global 23 vezes mais do que o dióxido de carbono. Cerca de 70% do solo arável mundial destina-se a alimentar gado e 70% da desflorestação da selva amazónica deve-se à criação de pastagens e ao cultivo de soja para ração.

Além disso a carne só vai chegar à mesa dos povos mais ricos. Acaba por ser uma produção ineficiente de alimentos pois por cada quilo de carne produzido são necessários três a quinze quilos de alimento vegetal (milho, soja, ou outro) que podiam ser utilizados directamente na alimentação humana e assim iriam alimentar muito mais pessoas do que um quilo de carne.

Para seres mais consciente

É perfeitamente possível viver sem comer carne. A história apresenta-nos inúmeros exemplos: grande parte dos Hindus, os Shiks, os Jainas, os Cristãos Adventistas do Sétimo Dia sempre foram, são e serão vegetarianos! Alguns Budistas e muitos praticantes de Yôga também são vegetarianos. O que mostra que é possível viver sem comer carne e principalmente viver sem a crueldade e o sofrimento que a indústria da carne promove.

Em Portugal o movimento também já existe e tem diversos apoiantes conhecidos: Rui Reininho, Sandra Cóias, Paulo Borges entre outros. Podem saber mais no site 2semcarne.

Dicas úteis para aderir ao movimento

1. Na internet vai encontrar muitos blogs e sites onde pode pesquisar receitas vegetarianas muito fáceis e rápidas de fazer.

2. Se gosta da comida tradicional pode sempre optar por confeccionar o seu prato sem carne. Por exemplo, o “Bacalhau à Brás” pode transformar-se no “Alho francês à Brás”, o Rancho pode ser feito sem carne, e as famosas feijoadas também.

3. Se tiver que almoçar ou jantar fora opte pelos restaurantes étnicos. Por exemplo, os restaurantes indianos, japoneses, italianos ou tailandeses, pois têm sempre opções vegetarianas na ementa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.