Vários problemas, uma única solução

[shiva_nataraja.jpg]

Shiva, o todo-poderoso deus hindu, aparece em uma das suas representações mais conhecidas, a Natarája, dançando. Enquanto baila, com um dos pés subjuga um pequeno demônio. Vale lembrar que esse bailarino um dia viveu e morreu no Noroeste da Índia e por toda a sua contribuição para a cultura local passou à mitologia como uma divindade.

O aspecto do mal no qual ele pisa, está representando o maior de todos os adversários humanos na visão indiana. Esse pequeno mostrengo se chama em sânscrito – antiga língua indiana que influenciou praticamente todos os idiomas ocidentais – Avidya. O nome provem da palavra vidya, que significa conhecimento, sabedoria. Como a letra A aparece antes, e assim como no português pode representar uma partícula de negação, temos como o maior desafiante humano o não-conhecimento ou a ignorância.

Mas que tipo de ignorância é essa que vencida por Shiva o tornou sublime a tudo?

Qualquer tipo de desconhecimento é prejudicial, mas como não podemos ter toda a informação do mundo, isso sim seria prejudicial, ele se concentrou no ponto mais existencial e importante para a vida, o conhecimento daquilo que realmente somos.

Ele conseguiu discernir que por trás de tudo o que vemos, sentimos e pensamos há uma consciência e que ela é que é o nosso verdadeiro EU. No entanto, como estamos muito envolvidos com nosso ego, pensamentos e emoções, acabamos por achar que é isso que somos, e é essa a mais profunda ignorância humana.

Quando o ser humano se conhecer melhor boa parte dos problemas que existem hoje na terra desaparecerão. Quando nos conhecermos mais passaremos a cuidar mais dos nossos hábitos e com isto melhoraremos nossa saúde. Nos certificaremos que ajudando outras pessoas a se descobrirem, estaremos ampliando não apenas a felicidade delas, mas a nossa também . Quando aprendermos sobre nossa total ligação com a natureza, o homem parará de destruí-la, pois terá consciência de que nós somos parte dela e ela de nós. O grande desafio do próximo milênio é o reconhecimento da verdadeira essência que somos, conseguiremos isto através de tecnologias da consciência, entre elas posso citar com atestado prático o Yôga, o Tantra e o Sámkhya.
No entanto, acredito que cada um deva buscar a sua forma de se aprimorar e ser cada vez mais o que verdadeiramente é.

Por Daniel De Nardi no Blog Assim falou De Nardi

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s