A respiração alternada e as suas propridades

O RESPIRATÓRIO ALTERNADO E SUAS PROPRIEDADES

Não é por acaso que este é considerado um dos principais respiratórios do repertório yôgi. Entendamos como a respiração alternada contribui para que o praticante melhore dois dos mais importantes processos para alcançar a meta do Yôga:

1) Estabilização da consciência;

2) Ampliação da energia sexual.

Para evoluir no samyama, técnica que engloba dháraná, dhyána e samádhi, é necessário que o sádhaka aprenda a aquietar seus pensamentos, focando-se em um único ponto. O nadí shôdhana contribui para isto, pois ao fazer inspirações e expirações lentas, conforme a descrição do exercício sugere, o praticante começará a estabilizar suas emoções e posteriormente reduzirá suas dispersões mentais. O meu monitor Charles Maciel, sempre brinca com o gesto característico do nadí shôdhana, quando alguém fica nervoso ou está agitado demais. Se além da respiração lenta associarmos um ritmo, potencializaremos a concentração. O ser humano é arrítmico por natureza e por isso, tem tanta dificuldade de permanecer focado em qualquer coisa que faça por muito tempo. Respiramos de maneira instável, nos movimentamos o tempo todo e se não somos treinados, não conseguimos nem mesmo batucar o ritmo de uma música simples até o final dela. Quando passamos a manter um tempo pré-determinado em cada fase da respiração, rompemos com essa tendência dispersiva e passamos a cadenciar nosso tempo biológico, o que contribui e muito para a estabilidade mental.

Com relação à ampliação da energia sexual, vale a pena ressaltar que o primeiro granthi, brahmá granthi, válvula de proteção que mantém a energia da kundaliní retida no múládhára chakra é relacionado ao corpo físico, tanto o denso como o energético. Somente quando este corpo encontra-se em perfeito funcionamento é que a válvula abre permitindo que a kundaliní dê seus primeiros passos pelo canal central, sushumná nadí, desenvolvendo os chakras e as potencialidades humanas. Mas para que isso aconteça, é necessário que os meridianos por onde toda a energia biológica irá percorrer dentro de nós estejam totalmente limpos. O próprio nome do respiratório, nadí shôdhana, já indica uma atuação neste sentido, uma vez que shôdhana se traduz por purificação. Também contribui para a ampliação da energia sexual a mentalização que normalmente é feita neste pránáyáma, na qual direcionamos o prána captado através de ida e pingalá – dois dos principais meridianos de energia do nosso corpo – até à base da coluna. Ao conduzirmos o prána para lá, estamos levando o alimento da kundaliní, aumentando a pressão na caldeira de energia que se situa nessa região, favorecendo a ascensão da energia ígnea pelo canal central, sushumná, até o sahásrara chakra, eclodindo numa experiência meditativa.

O nadí shôdhana sozinho não é capaz de conduzir o praticante à meta do Yôga, mas executado dentro da prática ortodoxa do SwáSthya Yôga desenvolverá os dois processos essenciais que citamos no início do texto: a supressão da instabilidade da consciência e a ampliação da energia sexual. A estabilidade será imprescindível para que se atinja o estado de dhyána, mas este só evoluirá até o samádhi se a kundaliní estiver bem desenvolvida.

Estes dois trabalhos simultâneos já seriam suficientes para nos dedicarmos com muito afinco a este respiratório, mas ele vai além disso. Ao alternarmos as narinas, sempre com os pulmões cheios e jamais com os pulmões vazios, conforme nos ensina o Mestre DeRose no CD da Prática Básica, estamos desenvolvendo as duas polaridades que possuímos; a masculina e a feminina, o emocional e o mental, a sensibilidade e a agressividade, fazendo com que depois de anos de prática, ampliemos nossa consciência para além do mundo do julgamento, do certo e errado, do claro e escuro. Somente quando sairmos da parcialidade poderemos vivenciar nosso verdadeiro Eu, uma vez que o púrusha não julga, ele simplesmente É.

Texto do Instrutor Daniel De Nardi, Método DeRose Itaim

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s